Pra desafinar o coro dos contentes - Patricia Fonseca

Refundação


Se escrevo
é pra dar voz a esse grito
reprimido
de quando vejo o olhar sofrido
do povo brasileiro
que rala de janeiro a janeiro
e se sustenta com o parco pão e o farto circo.


E torço e clamo 
pra que chegue logo a Carnavalha
que corte de vez 
o fio invisível do poder 
que nos mantém cativos.






Pra desafinar o coro dos contentes


Que não seja a flor
o que sustenta
o pensamento.
Que seja o espinho
que cause o ferimento
e rasgue todas as ironias e disfarces de tanto
contentamento.



* Patricia Poeta das Pequenas grandes coisas, integrante do grupo LESMA, de Conselheiro Lafayete (para o mundo)

2 comentários:

  1. Massa demais os poemas
    Muito fortes e bonitos!

    ResponderExcluir
  2. Cons. Lafaiete é Pátria de Poetas mesmo. Parabéns Patrícia. Luiz Cláudio

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...