Mariposas e Borboletas - Karol Penido

A luz esboçada na parede
enquanto as pessoas caminham sob a claridade dos postes nas calçadas
Um encanto:
a sombra dos meus sapatos
ao tocarem a luz
dissipam-se em buracos negros
crianças descem nas estações de metrô
apoiadas nos ombros dos pais
Nos olhos fechados:
asas de borboletas
Enquanto mariposas sobrevoam meus dedos dos pés
querem me seduzir
para mais um passeio.
 
                                             *quero salvar o homem utilizando borboletas (Manoel de Barros)
 

2 comentários:

  1. ahá!!! essa mão aí é minha! Abraço pra quem é de abraço e inté! Mingau

    ResponderExcluir
  2. hahahaha... adorei meninos. grande beijo!
    karol

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...