Ensaios Horizontais - Vinicius Tobias

        Amor

         o intimo indica que não há nada mais bonito que a paisagem iluminada da cidade
         e que nada pode me deter nesse mundão de deus em que reproduzimos o universo
                                                                                        [com tanta perspicácia
         passando pelos altos e avistando o baixo, o alto, o céu estrelado sem luar
         o chão estrelado sem estrelas
         para o emprestimo eu disse, "reunião"
         massa e esses pontinhos de luz me fazem indestrutívekis e assiméctricos

         volta ao cárcere psicológico da parede
         o imperativo máximo limitador do horizonte...
         para chegar em casa passo sempre por uma rua
         e há o prólogo...
         4 quebra molas duros de morrer

         eu os apelidei:

                    ..........pode...........tirar......................ocavalinho....................dachuva.........







      Ele e ela
  
              é mais fácil olhar pra cidade 
              do que olhar pro rio
              embora ela - a cidade
              como ele - o rio
              estejam envoltos por matas
              gerando a imagem metafórica de cílios
              mas por ser pontos luminosos e ter cílios
              confundem-na com olhos
              e acha-se que há mais dela que dele
              
              no entanto ela é abastecida
              não só fisicamente (...)
              por ele

Um comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...