Uma peça bem fadada

Começa no auge, no meio do espetáculo, com uns pontos de exclamação do depoente. Alguns soltam uns bocejos em sinal de aprovação e outros continuam bebendo em copos descartáveis. Aparentemente nem todos estão ali para ouvir a peça bem fadada.


íssimo realce ardente
virulentas pompas adjetivadas
olha o seio catereto de hipérbole
num sofregue com as palmas
exclama só no time
Flick


Ninguém tosse no decorrer da peça bem-fadada, eles deixam o pigarro e o espirro pra missa de domingo. Como não há missa de domingo, o catarro é sempre adiado.


O íssimo chegou e resolveu parar pra beber de graça.

Francis Bacon

Um comentário:

  1. Passei por aqui, para lê o seu blogue.
    Admirável. Harmonioso. Eu também estou montando um. Não tem as Cores e as Nuances do Vosso. Mas, confesso que é uma página, assim, meia que eclética. Hum... bem simples, quase Simplória. E outra vez lhe afirmo. Uma página autentica e independente. Estou lhe convidando a Visitar-me, e se possível Seguirmos juntos por Eles. Certamente estarei lá esperando por você, com o meu chapeuzinho em mãos ou na cabeça.
    Insisto que vá Visitar-me, afinal, o que vale são os elos dos sorrisos.

    www.josemariacosta.com

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...